Simone, da dupla com Simaria, conta detalhes sobre cirurgia no útero

Famosos: A cantora, que recentemente passou por uma cirurgia para a retirada do útero, divulgou um vídeo nas redes contando sobre o procedimento que se submeteu no dia 29/05.

Simone fala sobre cirurgia em vídeo no Youtube. Foto: Reprodução
Simone fala sobre cirurgia em vídeo no Youtube. Foto: Reprodução

Dois meses depois de ter tido a filha Zaya, ela foi diagnosticada com adenomiose, doença uterina que causa um espessamento das paredes do órgão. Os sintomas variam, mas estão relacionados a dor, sangramento e cólicas fortes.

Explicação de Simone

Enquanto estava indo para o hospital, a cantora refletiu sobre o poder de Deus em sua vida. Ressaltou que, há um tempo, ele havia feito uma promessa para ela de que ela teria dois filhos. “Estou aqui emocionada e vendo que Deus é perfeito. Ele me fez uma promessa lá atrás que me daria dois filhos, um menino e uma menina, e com esse problema acontecendo hoje eu vejo que Ele não erra”, completou.

Simone mencionou também sobre como descobriu a doença, após o nascimento de Zaya. Ela falou, além disso, que tentou de tudo antes de partir para a cirurgia, mas não conseguiu, de jeito algum, parar o sangramento. “Depois que tive a Zaya, não parei de sangrar. Depois de 30 dias é a média para parar o sangramento após o parto, mas continuou pelo segundo mês e começamos a investigar. Aí descobrimos que eu estava com a adenomiose… Hoje faz três meses que continuo sangrando, tentamos algumas etapas para ver se conseguia conter o sangramento, mas, infelizmente, sem sucesso”, revelou.

As alternativas que Simone tentou foram usar anticoncepcional, remédios e o DIU, mas nem isso tudo foi capaz de parar o sangramento. Em conversa com os médicos, então, foi decidido que ela faria a retirada do útero, através de uma histerectomia.

Depois de tudo ter corrido bem, o médico da cantora, Dr. Renato Kalil, ginecologista, explicou o que é a doença. “Ela tinha uma doença que é a adenomiose, que tem um tecido que era para estar dentro do útero e começa a infiltrar no meio do músculo e tende a causar sangramento e dor. Como ela já vinha com um quadro de sangramento sem melhora, então optamos pela retirada do útero. Não é o único tratamento para a adenomiose, mas, no caso dela, já tentamos outras coisas e optamos por esse tratamento”, ressaltou.

Os próximos passos

Simone já havia feito a laqueadura, ou seja, “ligou as trompas”, para não engravidar mais, após ter tido Zaya, ainda nos Estados Unidos. Brincando, ela fala que achou melhor tirar tudo logo, porque queria, enfim, se relacionar. Por conta do sangramento constante, isso impedia-a de ter relações sexuais com o marido.

Porém, esse ainda vai ser um fator para ela, já que precisa ficar 40 dias sem namorar, como diz Dr. Renato no vídeo.

O vídeo completo, lançado na última quinta-feira, 03/06, tem quase 20 minutos e está no canal da artista no Youtube. Veja na íntegra: