Humorista Esse Menino toma vacina e compartilha momento na web

Famosos: O comediante Esse Menino, que ficou conhecido na internet por causa do vídeo viral em que falava sobre a não compra da vacina Pfizer, finalmente, se vacinou contra a Covid-19 no domingo, 22/08.

Esse Menino toma vacina contra a Covid-19. Foto: Reprodução/Instagram
Esse Menino toma vacina contra a Covid-19. Foto: Reprodução/Instagram

Na ocasião, ele ironizava a atitude do governo brasileiro, do presidente Jair Bolsonaro, de não responder 81 e-mails da empresa oferecendo uma parceria em relação à vacina.

A vacina veio

Esse Menino bombou na rede em junho deste ano com um vídeo cômico, em que, de maneira engraçada, repudiava a omissão do governo em não responder o contato da empresa Pfizer sobre a compra das vacinas. O vídeo repercutiu no mundo todo, e ainda garantiu ao comediante um milhão de seguidores no Instagram.

No domingo, 22, entretanto, chegou a vez dele tomar a tão sonhada vacina. Inclusive, após vacinar, ele apareceu nos stories da rede e compartilhou o momento com os fãs. “Olá, tchan. Eu vou deixar isso aqui igual aquele povo que usa pulseirinha de festival no braço e não tira nunca mais. Eu vou ficar com isso aqui”, referiu-se ao curativo que ganhou após tomar a primeira dose da vacina.

“E, sim, foi Pfizer, mas teria sido qualquer uma que tivesse. Manda pra dentro! Vacinem-se, é uma delícia”, ressaltou sobre qual o tipo de vacina contra o novo coronavírus ele foi parcialmente imunizado. No Brasil, vale ressaltar, as vacinas disponíveis são Pfizer, Astrazeneca, Coronavac e Janssen (dose única).

Todavia, o recado de Esse Menino vale para todos: não é hora de escolher, é tomar a que tiver. “Tome as duas doses da vacina. Não escolha vacina, tome esse negócio logo. Depois da segunda dose, você ainda pode pegar e transmitir essa praga de corona. Continue usando máscara, ninguém está 100% imune. Fora Bolsonaros, seus bostas! Respeite a ciência.”, comentou, por fim.

Importância de se vacinar

No início de agosto, a empresária e ex-BBB Adriana Sant’Anna contraiu a Covid-19, após ter tomado a dose única da vacina, nos Estados Unidos, onde está morando com a família. Na época, ela, contudo, disse que, provavelmente, não desenvolveu um quadro grave justamente por causa da vacina. Por isso, ela lembra o quão é importante se vacinar, mas continuar tomando os cuidados.

“Hoje, posso falar com toda certeza que, apesar de todos os sintomas, eu tenho a convicção de que o que salvou de algo pior foi a vacina! Não tenho dúvidas! Não tô aqui para ser mãe e nem dizer o que vocês tem que fazer, mas preciso deixar registrado o meu conselho para que tomem a vacina e que continuem usando máscara.”, pediu aos cidadãos que ainda não se vacinaram por algum motivo.

Zeca Pagodinho, que também teve Covid depois de se vacinar, pontuou que foi por causa da vacina que ele não se agravou. “Obrigado a todos que oraram e torceram por mim. Já estou acabando o tratamento. O importante é se vacinar para poder se recuperar mais rápido. Em breve a gente está por aí”, informou ainda no hospital em que ficou internado, apenas por precaução.